Tratamento de canal: técnicas e cuidados

O tratamento de canal, também conhecido como endodontia, é um procedimento comum em odontologia que pode ajudar a salvar dentes danificados ou infectados. É um tratamento importante para preservar a saúde bucal e evitar a perda de dentes. 

Quer saber mais sobre o assunto? Neste texto, abordaremos com detalhes as técnicas, cuidados e indicações relacionados ao tratamento de canal. Continue a leitura!

O que é o tratamento de canal?

É um procedimento odontológico que envolve a remoção do tecido mole dentro do dente, conhecido como polpa. A polpa pode ficar inflamada ou infectada devido a cárie, fratura, trauma ou outros problemas dentários. 

O objetivo é remover a polpa infectada ou inflamada, limpar o canal radicular e selar o espaço vazio com um material de enchimento. Isso ajuda a prevenir a infecção e a manter a estrutura do dente.

Quais as principais técnicas de tratamento de canal?

Existem várias técnicas disponíveis. A escolha da técnica depende da condição do dente e do conhecimento e habilidade do dentista. As técnicas mais comuns incluem:

  • Tratamento de canal convencional: este é o método mais comum. Envolve a remoção da polpa e a limpeza do canal radicular com instrumentos manuais e/ou rotatórios. O canal é então preenchido com um material de enchimento e selado com um selante dentário.
  • Tratamento de canal com laser: esta técnica usa um laser para remover a polpa e limpar o canal radicular. É menos invasiva do que a técnica convencional e pode ser mais precisa. No entanto, é menos comum e pode ser mais caro.
  • Tratamento de canal com microscópio: esta técnica usa um microscópio para melhorar a visibilidade e a precisão do procedimento. Pode ser útil em casos complexos em que é necessário visualizar detalhes.

Cuidados pós-tratamento

Após o tratamento, é importante seguir algumas recomendações para garantir a recuperação adequada do dente. Algumas orientações comuns incluem:

  • Evite mastigar com o dente tratado até que o procedimento seja concluído completamente.
  • Tome medicamentos prescritos pelo dentista para aliviar a dor e prevenir infecções.
  • Mantenha uma boa higiene bucal, escovando e usando fio dental regularmente.
  • Retorne ao consultório do dentista para acompanhamento após o procedimento.
  • Indicações para o tratamento de canal

Quais são as possíveis indicações do tratamento?

Recomenda-se o tratamento de canal em uma variedade de situações. Veja a seguir uma lista com detalhes sobre as principais delas:

  • Cárie profunda: se a cárie atingir a polpa do dente, pode ser necessário realizar o tratamento.
  • Trauma dentário: se um dente for danificado ou quebrado devido a um trauma, pode ser necessário realizar um tratamento de canal.
  • Infecção: se a polpa do dente ficar infectada, também pode ser necessário realizar.
  • Doença periodontal: em alguns casos de doença periodontal avançada, pode haver necessidade de tratamento de canal para remover a polpa danificada.
  • Sensibilidade dental: em alguns casos, a sensibilidade dental pode ser um sinal de inflamação ou infecção na polpa, o que pode exigir o tratamento.

Por fim, em alguns casos, o tratamento de canal pode não ser suficiente para salvar um dente danificado, podendo ser necessário extrair o dente. Por isso é importante consultar regularmente um dentista e seguir uma boa higiene bucal para prevenir problemas dentários.
Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe