Restauração dentária: o que é e quando é indicada

Em algum momento, por mais que você seja preocupado com sua saúde bucal e mantenha cuidados adequados, pode precisar  de orientações a respeito de restauração dentária.

Neste artigo, trazemos algumas informações sobre ela, o que é, quando é indicada e os tipos mais comuns. Acompanhe a leitura e tire suas dúvidas!

O que é a restauração dentária?

A restauração é uma das maneiras que seu dentista tem para substituir ou restaurar os dentes ausentes ou então restaurar partes de sua estrutura. A estrutura dentária pode estar ausente ou deteriorada devido a vários fatores, como enfraquecimento, cáries, outra restauração previamente colocada ou fratura de um dente.

Quando é necessário fazer a restauração?

De forma precisa, somente seu dentista poderá dizer se é necessário realizar a restauração. Estando em um consultório, ele examinará minuciosamente a superfície de seus dentes.

Se algum ponto não lhe parecer normal, ele pode precisar de outros instrumentos ou exames, como uma radiografia, para só depois lhe dizer o que precisa ser feito.

Quais são os tipos de restauração dentária?

Restauração direta

Com a restauração dentária direta, todo o trabalho é fabricado e concluído dentro da boca. O procedimento, comumente referido como preenchimento, envolve a colocação de uma substância maleável em uma cavidade preparada e limpa. O material é então endurecido para restaurar a estrutura, e às vezes a aparência do dente danificado.

Os preenchimentos são uma das formas mais conservadoras de reparar um dente e, frequentemente, as menos invasivas. Existem quatro materiais normalmente usados ​​para isso:

  • ouro;
  • amálgama (prata);
  • resina composta (materiais plásticos);
  • porcelana.

Restauração indireta

Com a restauração dentária indireta, a fabricação ocorre fora da boca. Exemplos incluem folheados, coroas, pontes, implantes e outros mais.

Como os procedimentos exigem mais trabalho (como uma impressão dentária, preparação do dente, fabricação e um verniz, ponte ou coroa temporários), eles tendem a ser um pouco mais caros. No lado positivo, eles podem melhorar a aparência dos dentes e fornecer uma solução mais estável e duradoura quando o dano é grave ou extenso.

Aqui estão alguns exemplos de restaurações indiretas:

Coroas

As coroas são uma “tampa” em forma de dente que é colocada sobre um dente para restaurar sua forma, aparência e seu tamanho. Estão lá para segurar uma ponte no lugar ou para cobrir um implante dentário.

Esse é um processo longo e pode envolver uma impressão que é enviada para o laboratório, com uma coroa temporária nesse meio-tempo. Alguns consultórios possuem tecnologia na qual uma impressão digital é realizada e a coroa é fabricada no mesmo dia para o paciente.

Pontes

Pontes são dentes falsos projetados para “preencher” a lacuna criada por um ou mais dentes ausentes. Podem ser ancoradas em ambos os lados por coroas e cimentadas permanentemente no lugar.

Implantes

Implantes são raízes dentárias de substituição, uma pequena coluna feita de metal (geralmente de titânio) colocada no soquete do osso onde falta o dente. O implante pode precisar de um acessório que funcionará como uma preparação de coroa e, depois de um tempo receberá definitivamente a coroa.

Dentaduras

Já as dentaduras são um substituto removível para dentes ausentes e tecidos adjacentes. Elas são feitas de resina acrílica, às vezes combinados com acessórios de metal. Dentaduras completas substituem todos os dentes. Dentaduras parciais são consideradas quando alguns dentes naturais permanecem, e são retidos por grampos metálicos presos aos dentes naturais.

Por fim, seja qual for a opção escolhida de restauração dentária, saiba que seu dentista lhe oferecerá o melhor para um sorriso perfeito e bem-estruturado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe