Protetor bucal

Protetor bucal para ranger de dentes: opções e quando consultar um dentista

O ranger de dentes é um sintoma específico de uma condição chamada bruxismo, uma desordem funcional que pode ocorrer em qualquer idade e em ambos os sexos. Geralmente, o uso de um protetor bucal é indicado para tratamento deste quadro.

Você sofre com essa desordem? Conhece os diferentes protetores e sabe quando usá-los? Caso tenha respondido negativamente, você precisa ler este post. A seguir, explicaremos tudo sobre o assunto.

O que é e como funciona o protetor bucal?

Os protetores bucais são aparelhos que servem para proteger a boca de impactos, lesões ou traumas. Por isso, são comumente utilizados por atletas praticantes de esportes de contato ou que estão mais sujeitos a quedas.

Contudo, esses aparelhos também são indicados para quem sofre com bruxismo. Isso porque ajuda a proteger a boca de impactos do ranger de dentes à noite. Para isso, o indivíduo deve sempre utilizá-lo antes de dormir.

Embora seja uma medida efetiva, essa não deve ser o único tratamento realizado por pessoas com bruxismo. Na verdade, o aparelho serve apenas para que os dentes não se desgastem enquanto o indivíduo trata a causa da desordem.

Os diferentes tipos de protetores bucais

Os protetores bucais possuem diferentes versões. Assim, é necessário saber qual deles atende melhor o seu caso. Para isso, converse com seu dentista e avalie a melhor opção disponível. A seguir, conheça os diferentes protetores bucais:

  • macio: aparelho feito em poliéster, bastante maleável e pode ser confeccionado durante a consulta com o dentista. Esse protetor não permite o deslizamento entre os dentes, sendo eficaz nas crises de bruxismo;
  • semi-rígido: feito em plástico, é um aparelho relativamente maleável e que não se perfura com facilidade;
  • rígido: o protetor bucal rígido é o mais indicado para evitar o desgaste causado pelo ranger de dentes. O aparelho tem maior espessura e possui superfícies lisas, que impedem o embricamento dos dentes. Contudo, é menos confortável.

Enfim, a melhor forma de escolher um protetor bucal é buscando a orientação de um dentista. Ao analisar o seu quadro e verificar o nível de desgaste dos seus dentes, ele irá indicar o aparelho mais recomendado.

Como funciona o tratamento?

O objetivo do protetor bucal é conter o desgaste dos dentes em decorrência do bruxismo, além dos danos às gengivas, as dores musculares, o cansaço e o desconforto na mandíbula, entre outras complicações.

Entretanto, para oferecer um bom resultado, um especialista que deve indicar o dispositivo. Apesar de ser mais comum apenas antes de dormir, algumas pessoas podem precisar colocá-lo durante o dia.

Assim, apenas o especialista conseguirá analisar a situação individualmente e indicar o tipo e a forma adequada de uso. Outro ponto importante é que o paciente precisa seguir a recomendação médica e buscar outras medidas terapêuticas para tratar a origem do problema.

Então, se você também sofre com o ranger dos dentes e deseja tratar essa condição, procure um dentista. Além de indicar o uso de um protetor bucal, ele irá analisar a sua situação e recomendar o tratamento mais adequado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe