profilaxia

Conheça as etapas da profilaxia, a limpeza dentária profissional

A profilaxia é uma limpeza dentária profissional que tem a finalidade de manter a saúde bucal do indivíduo, assim como evitar doenças periodontais e bucais, como gengivite e cárie.

Fazer a limpeza dos dentes e da língua após as refeições, usar o fio dental e enxaguante bucal é fundamental para evitar os problemas na boca. Entretanto, além da limpeza diária que se deve realizar, o dentista pode proceder uma limpeza mais profunda chamada de profilaxia.

Esse tipo de limpeza dentária é feito em um consultório odontológico, por um profissional especializado, utilizando materiais e produtos específicos.

Com a limpeza, cada dente recebe higienização individual, mediante raspagem e jatos de bicarbonato de sódio. Em geral, esse procedimento não provoca dor.

Conheça as etapas da profilaxia

Visto que é uma técnica que envolve outros tipos de procedimentos e instrumentos diversos, a profilaxia é dividida em várias etapas. Dessa forma, ela pode seguir os seguintes passos.

1º Raspagem ou tartarectomia

O tártaro é a placa bacteriana calcificada que se adere ao esmalte do dente e na margem gengival. Depois de solidificada, não é possível fazer a remoção com o uso da escova e do fio dental. O dentista, portanto, dentista utilizará ultrassom ou curetagem para fazer a raspagem e a remoção desses tártaros.

2º Aplicação de bicarbonato com jateamento

Após a raspagem ou tartarectomia, é aplicado bicarbonato nos dentes com a técnica de jateamento. A força dos jatos de alta velocidade reforça a remoção da placa bacteriana e do tártaro. Além disso, é uma importante contribuição para o polimento e para a proteção do dente.

3º Aplicação do flúor

A aplicação do flúor costuma ser o último passo da limpeza profissional. Ele garante a proteção aos dentes por um bom tempo, mantém o frescor da boca, assim como promove a fortificação dos dentes.

Se for preciso, o dentista pode realizar uma escovação completa com um tipo de escova elétrica e uma pasta dental específica.

Outros problemas bucais que podem ser evitados na profilaxia

A limpeza profissional pode evitar diversos tipos de problemas bucais, como:

  • cárie;
  • periodontite;
  • gengivite;
  • tratamentos mais sérios, como o canal e a extração de dentes.

A frequência desse tipo de limpeza varia de acordo com a saúde bucal do indivíduo. Em geral, o procedimento pode ser realizado a cada seis meses.

Entretanto, caso o dentista perceba que há mais facilidade em acumular placa bacteriana e tártaro, pode ser indicada uma frequência maior para a realização da limpeza.

Cuidados após a limpeza

É importante que, após a limpeza, se aguardem algumas horas para se alimentar ou beber novamente. Dessa forma, o flúor continua penetrando nos dentes e agindo por mais tempo.

A profilaxia não substitui os cuidados com a higiene bucal que deve ser realizada diariamente. Assim, o uso da escova, pasta de dente e do fio dental devem continuar por três vezes ao dia pelo menos ou após as refeições.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe