placa bacteriana

Placa bacteriana bucal: entenda o que é e como preveni-la

placa bacterianaA placa bacteriana compromete seriamente a saúde bucal. A longo prazo, pode gerar problemas graves como a gengivite e a periodontite. Além disso, ela causa mau hálito e cáries, deixando os dentes com péssima aparência. Mas esse tipo de problema pode ser evitado por meio da higiene bucal diária e consultas periódicas ao dentista.

O que é placa bacteriana?

Denominada como biofilme dental, a placa bacteriana é uma película amarelada ou incolor que se forma na superfície dos dentes. Ela fica mais visível pela manhã, após seis ou oito horas sem higiene bucal, ou se a pessoa passar um dia inteiro sem escovar os dentes.

A placa bacteriana apresenta na sua composição resíduos alimentares e saliva, por isso ela tem um aspecto pegajoso. Sem a devida limpeza, os restos de alimentos acumulam-se nas superfícies dos dentes. É um “prato cheio” para os micro-organismos que habitam a boca.

As bactérias nela presentes podem causar cáries e deteriorar o esmalte dos dentes, devido à ação de ácidos que produzem. Aliás, quando não é removida a tempo, transforma-se em tártaro que é uma camada mais sólida e capaz também de promover inflamação gengival. A remoção total do tártaro só é possível com a utilização de instrumentos específicos para tal, ou seja, deve ser realizada pelo dentista. 

Causas da placa bacteriana

A placa bacteriana só é formada quando há acúmulo de restos de alimentos nos dentes. O consumo de doces e carboidratos é um fator de risco, pois amido e açúcar são o combustível que as bactérias precisam para cariar os dentes e atacar a gengiva.

Você já deve ter entendido que a principal causa da placa bacteriana é a falta de higiene bucal. Em resumo, o hábito de escovar os dentes e usar o fio dental após as refeições impede à proliferação anormal de bactérias.

Diagnóstico e tratamento da placa bacteriana

É difícil perceber a formação da placa bacteriana. O uso de corantes específicos como a fucsina elucidam as regiões que precisam de uma higienização mais rigorosa. A sua aplicação no consultório ajuda a conscientizar o paciente da necessidade de manter uma boa profilaxia, tendo em vista que o mesmo consegue, dessa forma, visualizar nitidamente onde mais se acumula o biofilme.

A melhor maneira de se identificar o problema é marcando uma consulta odontológica. Assim como os corantes, o dentista possui também inúmeros instrumentos específicos para verificar todos os cantinhos dos dentes, identificando cáries, tártaro, gengivite e outras doenças bucais. 

O tratamento consiste na limpeza completa dos dentes, bem como orientações sobre os principais cuidados do dia-a-dia para proteger a saúde bucal. Ao diagnosticar outros problemas, o profissional também indicará o melhor plano de tratamento.

Previna a placa bacteriana

  • Escove os dentes após as refeições;
  • Use o fio dental para remover os resíduos;
  • Após higienizar os dentes, escove a língua;
  • Se fizer uso de prótese fixa, utilize o passa-fio;
  • Reduza o consumo de açúcar para prevenir cáries;
  • Consulte o dentista, no mínimo, duas vezes ao ano;
  • Higienize a escova de dentes e troque-a a cada 3 meses.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, de tal forma que ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

 

 

 

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe