Diabetes Mellitus

Periodontite e Diabetes Mellitus: entenda a relação

Periodontite é considerada um quadro de doença mais elevada, do que uma simples inflamação, como no caso da gengivite.

Já a diabetes, é uma doença crônica que afeta o funcionamento do organismo por meio do controle e produção de insulina, trazendo efeitos colaterais negativos a saúde.

Infelizmente, o risco das pessoas portadoras da diabetes terem doenças periodontais, é mais elevado do que em pessoas em melhores condições.

A doença periodontal é um fator para o desenvolvimento da diabetes, a partir do descontrole de açúcar no sangue, podendo baixar demasiadamente ou elevar a glicose sanguínea.

Ambas as situações prejudicam a qualidade de vida, e em conjunto com a periodontite grave, afetam 10 a 15% dos adultos.

Por isso que, o periodontista tem um papel fundamental na relação da saúde bucal e saúde geral, por meio do diagnóstico, tratamento e prevenção da periodontite.

A influência da periodontite no controle glicêmico

Controle glicêmico é feito pelo pâncreas através da produção de glucagon e insulina, buscando ajudar na utilização de energia para diversas funções no organismo e atividades cotidianas.

A desordem desse sistema provoca alterações negativas nas células do pâncreas, desenvolvendo uma doença chamada diabetes podendo ser tipo I, II e gestacional, na qual são consideradas um fator de risco para a periodontite.

Diversos estudos mostram a influência da periodontite no controle glicêmico sendo isso uma doença de mão dupla.

Como surge a periodontite

A inflamação que dá origem a periodontite é crônica, complexa e manifesta-se, quando estimulada pela formação de placas dentárias.

Esse processo habitualmente é desencadeado e influenciado por fatores genéticos, habituais e ambientais.

A formação das placas dentárias, ambas estão relacionadas ao desenvolvimento da de diabetes e da periodontite.

Como prevenir a periodontite

Periodontite é multifatorial e está relacionada a diversos fatores de risco como diabetes, deficiência nutricional, medicamentos e fatores genéticos.

Já na relação à formação de placas, a que deve ser combatida, está diretamente ligada a saúde bucal e pode ser controlada com hábitos de higienização.

Isso mesmo, escovar os dentes e passar o fio dental frequentemente, é uma forma efetiva, saudável e natural de prevenir placas dentárias.

Tratamento periodontal eficaz é a solução

O problema que estamos enfrentando é bidirecional, tendo a diabetes e a periodontite, ambas influenciadas pelas placas dentárias.

A base do tratamento tem como objetivo inicial o controle glicêmico, na qual é muito importante para o tratamento da periodontite.

Dessa forma, o tratamento da periodontite beneficiará a saúde bucal e ajudará na saúde do pâncreas proporcionando uma melhor qualidade de vida.

Como é a vida de quem tem diabetes e periodontite

Ambas a diabetes e a periodontite são manifestações silenciosas, porém cada uma com características específicas.

Durante o tratamento da periodontite, cuidados com higiene bucal são fundamentais para garantir a reabilitação dos tecidos danificados pela inflamação.

A diabetes é irreversível, porém pode ser facilmente controlada deixando o organismo em boa condições para diversas atividade da vida.

Ambas as condições de saúde, uma dieta adequada evitando açúcares e gorduras é fundamental para manter o organismo em condições de saúde e proporcionar e bem estar.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe