periodontia

Periodontia: tratamento de doenças gengivais e periodontais

A periodontia é uma especialidade da odontologia que se dedica ao estudo, diagnóstico e tratamento das doenças que afetam os tecidos de suporte dos dentes, como a gengiva, o osso alveolar e o ligamento periodontal, podendo levar à perda dos dentes e afetar a qualidade de vida dos pacientes.

No texto a seguir, abordaremos em detalhes a periodontia e os tratamentos disponíveis para as doenças gengivais e periodontais. Continue a leitura!

O que é a periodontia?

A periodontia concentra-se no estudo dos tecidos que sustentam os dentes e sua estrutura de suporte. A gengiva é o tecido visível que reveste a base dos dentes e protege as estruturas subjacentes. 

Quando a higiene oral inadequada leva ao acúmulo de placa bacteriana, as bactérias podem infectar a gengiva, causando inflamação. Essa condição inicial é conhecida como gengivite e é caracterizada por vermelhidão, inchaço e sangramento gengival.

Se não for tratada, a gengivite pode progredir para uma doença mais grave chamada periodontite. A periodontite ocorre quando a inflamação se estende além da gengiva e afeta os tecidos de suporte dos dentes, incluindo o osso alveolar e o ligamento periodontal. Como resultado, os dentes podem se tornar frouxos e, eventualmente, serem perdidos.

Como é feito o tratamento de doenças gengivais e periodontais?

O tratamento de doenças gengivais e periodontais depende da gravidade da condição. Para casos leves de gengivite, a higiene oral adequada, incluindo escovação regular, uso de fio dental e enxaguatório bucal, geralmente é suficiente para reverter a inflamação gengival.

No entanto, quando a periodontite se instala, são necessários tratamentos mais abrangentes. Um procedimento comum é a raspagem e o alisamento radicular, também conhecido como curetagem. 

Nesse procedimento, o periodontista remove a placa bacteriana e o tártaro das superfícies dos dentes, tanto acima quanto abaixo da linha da gengiva. Em seguida, as raízes dos dentes são alisadas para permitir que os tecidos gengivais se fixem adequadamente.

Em casos mais avançados, em que há perda significativa de osso alveolar, pode ser necessário realizar uma cirurgia periodontal. Dentre as opções cirúrgicas, estão o enxerto ósseo, onde o osso é adicionado para substituir o perdido, e a cirurgia de levantamento de seio maxilar, que visa aumentar a altura óssea na região posterior do maxilar.

Outras abordagens terapêuticas

A periodontia também envolve a utilização de terapias regenerativas para estimular o crescimento de tecidos periodontais danificados. Essas abordagens visam promover a regeneração do osso e dos tecidos gengivais perdidos durante a progressão da doença periodontal.

Além disso, a periodontia também está envolvida no tratamento de outras condições relacionadas aos tecidos de suporte dos dentes, como recessão gengival. A recessão gengival ocorre quando a gengiva recua, expondo as raízes dos dentes. Isso pode levar à sensibilidade dentária e aumentar o risco de cáries radiculares. 

Para corrigir a recessão gengival, podem ser realizados enxertos gengivais, nos quais tecido gengival saudável é retirado de uma área e transplantado para a região afetada.

Além dos tratamentos, os periodontistas são responsáveis por educar os pacientes sobre a importância da higiene oral adequada e realizar exames regulares para identificar precocemente os sinais de problemas periodontais. 

Por fim, é fundamental manter uma boa saúde periodontal, por meio de uma higiene oral adequada e visitas regulares ao periodontista, para prevenir a progressão das doenças e manter um sorriso saudável ao longo da vida.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe