Doença na gengiva

Mulheres Com Doença Na Gengiva Podem Precisar Ficar Atentas Ao Câncer

As doenças na gengiva podem provocar uma série de problemas de complicações, inclusive alguns tipos de câncer comuns a pacientes do sexo feminino. Neste sentido, é necessário que as mulheres redobrem a atenção com sua saúde.

Você já ouviu falar nessa relação? Sabe como ela é explicada? Então, recomendamos a leitura deste post. Nele, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito do assunto.

O que é a doença na gengiva?

As doenças periodontais, como são chamadas, são condições infecto-inflamatórias comumente relacionadas à perda dental, pois acometem os tecidos de suporte e sustentação dos dentes. Essas patologias podem se manifestar de diferentes formas e costumam ser crônicas.

Ainda, o que provoca a infecção é a ação inflamatória e corrosiva de microrganismos associados à presença de placa bacteriana. Retração da gengiva, exposição da raiz do dente e perda de dentes são algumas das consequências comuns dessas doenças.

Além do acúmulo de tártaro, a doença na gengiva pode surgir em função de outros fatores, tais como, herança genética, doenças sistêmicas, tabagismo, gravidez, puberdade, desnutrição, uso de determinados medicamentos, bruxismo, entre outros.

Qual a relação entre doença periodontal e câncer?

A relação entre doença periodontal e câncer é  alvo constante de estudos pelo mundo. Uma pesquisa realizada no Instituto Karolinska, na Suécia, apontou que mulheres que tiveram doenças na gengiva têm 11 vezes mais chances de desenvolver um câncer de mama.

Acredita-se que isso ocorra pelo fato de que a inflamação associada à formação de tumores malignos é semelhante às inflamações crônicas. Na doença periodontal, há a liberação de enzimas e mediadores inflamatórios que podem ocasionar a degradação dos tecidos.

Da mesma forma, um câncer pode ser estimulado quando células inflamatórias são recrutadas para dentro de processos neoplásicos, liberando fatores que atuam na supressão de um tumor através de estímulo da resposta imune antitumoral.

Outra possível explicação para essa relação com o câncer de mama é o nível de vitamina D no organismo. A formação de placas bacterianas pode ser favorecida pelos baixos níveis dessa vitamina, o que também aumenta o risco para vários tipos de câncer.

Além disso, outro estudo, dessa vez da Universidade de Buffalo, nos EUA, descobriu que a doença periodontal guarda relação com um maior risco de câncer de mama em mulheres na menopausa, especialmente aquelas que são ou foram fumantes.

As mulheres na menopausa também têm 14% mais chances de desenvolver um câncer, especialmente do esôfago. Isso é o que aponta um estudo publicado na revista científica Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention.

Como tratar a doença periodontal?

As doenças periodontais podem ser tratadas e curadas. Porém, o sucesso do tratamento depende do estágio da infecção. Em casos mais leves, a raspagem periodontal é a alternativa mais eficaz.

O procedimento consiste na remoção do tártaro que está acumulado entre os dentes e as gengivas. Para controlar a formação de placa bacteriana, também é necessário realizar visitas regulares ao dentista para a limpeza da região.

Contudo, a prevenção é a melhor arma contra essas inflamações. Para isso, é preciso manter uma boa higiene bucal, fazendo a escovação por, pelo menos, 2 vezes por dia e o uso diário do fio dental.

Além disso, ter uma dieta equilibrada, rica em legumes e verduras e pobre em açúcares e gorduras, contribui para a saúde das gengivas e dos dentes. Da mesma forma, o consumo do tabaco deve ser evitado.

Enfim, como você pode perceber, as mulheres precisam ter atenção redobrada a sua saúde bucal. Caso contrário, estarão mais sujeitas ao câncer. Portanto, mantenha uma rotina de visitas ao seu dentista.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe