medo de dentista

5 formas de lidar com o medo de dentista

O medo de dentista, também chamado de odontofobia, é um transtorno de ansiedade que, muitas vezes, faz com que o indivíduo negligencie seus cuidados odontológicos por pavor de visitar o consultório de um profissional.

Para muitas pessoas isso pode parecer frescura, porém a condição deve ser levada a sério, pois se trata de um transtorno bastante comum, que necessita de atenção assim como qualquer outro.

Segundo estudos, a estimativa de pessoas que sofrem de medo ou ansiedade odontológica no Brasil é de 15% a 20% da população do país.

Além disso, de acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE, mais de 55% dos brasileiros não se consultam regularmente com um dentista, e o medo é apontado como um dos motivos para isso.

Dessa maneira, além de afetar o psicológico, isso pode gerar alguns problemas em relação à saúde bucal, uma vez que esse fator pode atrapalhar a prevenção e o tratamento de disfunções na região.

Portanto, se você sente um frio na barriga só de pensar em agendar uma consulta, veja a seguir 5 formas de lidar com o medo de dentista.

Tente controlar a ansiedade

Na maioria das vezes, a ansiedade é o fator responsável por dificultar todo o processo, o que é natural, uma vez que o indivíduo fica retraído e sente ainda mais qualquer intervenção.

Portanto, para aliviar esse sentimento e facilitar o processo, a melhor solução é relaxar um pouco. Evidentemente, essa tarefa não é nada fácil, porém vale a tentativa.

Uma boa alternativa é praticar exercícios de respiração, pois desta forma você irá controlar as suas emoções e lidar melhor com toda essa situação.

Estabeleça uma relação de confiança com o seu dentista

Confiar no profissional que irá realizar o procedimento é fundamental. Por isso, busque recomendações de dentistas com algum familiar ou amigo e tente sempre se consultar com o mesmo profissional.

Fazendo isso, você estabelecerá uma relação de proximidade e familiaridade com o profissional e, consequentemente, se sentirá mais seguro. Esses fatores tendem a reduzir o medo de dentista. 

Não hesite em fazer perguntas 

Toda informação é sempre bem-vinda, portanto não tenha medo de tirar todas as suas dúvidas durante uma consulta ou tratamento.

Dessa forma, não haverá o risco de sofrer por antecedência em relação a um procedimento que pode ser totalmente indolor.

Combine alguma sinalização com o dentista 

Uma boa opção para se sentir mais tranquilo, é combinar algum sinal que funcione como meio de comunicação com o dentista durante o procedimento.

Um bom exemplo é levantar a mão sempre que sentir dor, pois desta maneira o paciente tem a sensação de que também está no controle da situação, e vai conseguir interromper o dentista sempre que sentir alguma dor mais forte.

Escute uma música 

Se o que causa medo é o barulho dos motores, uma excelente opção é não escutá-los.

Portanto, leve sempre um fone de ouvido e escute alguma música que goste durante a realização do procedimento.

Desta forma, você conseguirá relaxar com maior naturalidade e deixar o medo de dentista de lado por alguns instantes.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe