implantes dentários

Perguntas frequentes sobre implantes dentários

A colocação de implantes dentários tem sido uma alternativa cada vez mais desejada por pessoas que perderam um ou mais dentes. A técnica, desenvolvida graças a estudos no campo da odontologia, aliada à tecnologia avançada, permite simular um dente praticamente idêntico ao original. Dessa forma, este texto pretende esclarecer as principais dúvidas sobre o tema. Confira, então.

O que é são implantes dentários?

O implante dentário é uma peça composta de duas partes. Um pino metálico feito de titânio, que é parafusado no tecido ósseo. Ele tem a função de substituir a raiz do dente servindo de suporte para a coroa protética, a outra parte que, normalmente, é feita de resina ou porcelana. Esta, como a prótese, simulará, então, o dente perdido.

Em quais situações os implantes são indicado?

O implantes podem ser feito por pessoas que perderam um ou mais dentes. No entanto, é preciso ter uma boa estrutura óssea para realizar o procedimento. No caso de pessoas que tiveram problemas como gengivite ou periodontite, poderá ser necessário um enxerto ósseo.

O que é enxerto ósseo?

Pessoas que perderam os dentes, principalmente por problemas bucais, têm a estrutura óssea danificada com o tempo. É ela que dá a sustentação aos dentes. Visto que o implante é parafusado, precisa justamente dessa estrutura para fixar a prótese. O enxerto ósseo é feito antes da colocação do implante, a fim de garantir essa fixação.

Existe chance de rejeição ao implante?

Muitos podem achar estranho ter uma peça de metal parafusada na boca, mas a escolha pelo titânio é proposital, pois ele oferece ótima absorção. Na grande maioria das vezes, não há qualquer rejeição no pós-operatório, entretanto isso dependerá de o indivíduo seguir todas as orientações do dentista.

Quais os cuidados necessários no pós-operatório?

As primeiras 48 horas são fundamentais para o sucesso da operação. É preciso seguir à risca todas as recomendações do dentista. É normal haver inchaço e algum sangramento no local, assim ele vai prescrever alguns remédios que devem ser tomados seguindo a receita e jamais ignorados. A dieta deve ser à base de alimentos pastosos e frios ou gelados, como sorvete, sucos e vitaminas, por exemplo. Além de ajudarem na cicatrização, eles reduzem significativamente a mastigação. Alimentos mais consistentes e duros devem ser evitados, assim como movimentos que forcem a boca como espirrar, bochechar, cuspir e usar canudo, por exemplo. Também é importante evitar a exposição ao sol. Ao dormir, não deite do lado que contém o implante. Use almofadas e travesseiros para manter a cabeça levemente elevada em relação ao resto do corpo. Dessa maneira, será evitado o sangramento. Passado o período inicial, se persistirem dor e inchaço, comunique ao dentista para que ele faça uma avaliação precisa e identifique as causas.

Como é feita a higienização?

Use uma gaze com solução fisiológica para limpar o local e remover resíduo de alimentos. O restante deve ser feito com os cuidados de sempre: escovação e uso de fio dental. Use escova com cerdas flexíveis e macias, a fim de não machucar o local dos implantes dentários. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!
Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe