Implante dentário

Implante Dentário: como é o procedimento?

No Brasil, cerca de 800 mil implantes dentários e 2,4 milhões de componentes de próteses são colocados por ano no país, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria Médica, Odontológica e Hospitalar.

Quer saber mais sobre como funciona esse procedimento? Então continue a leitura. Neste post apresentaremos as principais informações sobre este assunto.

Antes, o que é o implante dentário?

O implante dentário consiste num procedimento de reabilitação oral no qual há a fixação de uma prótese dentária de forma permanente. Uma forma artificial de substituir os dentes naturais e seu objetivo é garantir ao paciente conforto e segurança a sua saúde bucal. 

Para quem é indicado o implante dentário?

Assim como em todo tipo de procedimento, existem os casos nos quais é mais indicada a realização. Veja a seguir alguns destes casos:

  • Pessoas que perderam os dentes em situações variadas: Casos como acidentes de trânsito, quedas ou qualquer outra ocorrência semelhante que tenha causado a perda de um ou mais dentes. Embora haja benefícios de cunho estético, vale ressaltar que o implante dentário não deve ser visto como um procedimento estético. E sim como um processo cirúrgico indicado para melhorar a saúde bucal das pessoas e proporcionar melhor qualidade de vida. 
  • Agenesia dentária: Consiste em uma situação em que a pessoa nasce com a falta de um ou mais dentes. Mesmo quando há a troca dos dentes de leite para os permanentes, a ausência pode persistir.
  • Casos de dentes extraídos: Atualmente, a extração só é feita em casos de real necessidade. Essas pessoas que tiveram os dentes extraídos, são indicadas para a reabilitação oral por meio de implante dentário.

Etapa pré-operatória

Nessa etapa é necessário que o paciente faça alguns exames para que o dentista tenha uma visão sobre a sua saúde bucal. Essa fase não pode ser negligenciada, pois costuma haver a necessidade de executar procedimentos adicionais antes da realização do implante.

Além disso, os exames laboratoriais auxiliam na identificação de algum problema de saúde preexistente como anemia, dificuldade de coagulação sanguínea ou qualquer outra alteração que possa significar algum risco para o sucesso da cirurgia.

Alguns dos exames que normalmente são solicitados são: hemograma; coagulograma; glicemia;Radiografia panorâmica; Tomografia computadorizada e no caso dos pacientes com problemas cardíacos, eletrocardiograma.

Como é o procedimento de implante dentário?

A realização de um implante dentário consiste na colocação de um pino no tecido ósseo para que depois seja instalada a prótese, que substituirá o dente perdido. Ele é fixado ao osso por meio de uma cirurgia e, em seguida, a colocação da prótese definitiva.

O pino de fixação do implante é de titânio, material não corrosivo e compatível com o organismo, que torna possível  que o pino fixe no osso de forma permanente. Por todas essas características. Tudo isso faz do implante uma forma segura e duradoura para a reabilitação oral.

O procedimento cirúrgico geralmente é feito na clínica odontológica, mediante anestesia local. O tempo médio para o procedimento de implante é em torno de 90 minutos, caso seja colocado um único pino. 

Ademais, é feito um corte na gengiva para que o cirurgião acesse a região em que será fixado o pino. Para a fixação é preciso fazer uma espécie de furo no osso e, a seguir, o pino será encaixado nesse orifício. 

Etapa de reabertura e colocação da prótese

Após o tempo de osseointegração, é preciso reabrir a gengiva para acessar o pino implantado e adicionar uma peça chamada cicatrizador. O objetivo é ter um canal de acesso ao implante e permitir que a gengiva se cicatrize antes de receber a prótese definitiva.

O tempo de cicatrização é em torno de 10 dias. Após esse período, o dentista fará a moldagem para que a prótese dentária seja confeccionada de acordo com as características necessárias.

Então, com a leitura deste texto, você obteve as principais informações sobre o procedimento de implante dentário. Caso tenha interesse em realizá-lo, procure um profissional qualificado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe