higiene bucal

Higiene bucal: 7 hábitos que devem ser rotina

higiene bucalA saúde dos dentes depende de hábitos de higiene bucal. Escovar os dentes apenas para ficar com o hálito agradável não é prática, a princípio, adequada. É importante, portanto, escová-los com calma, seguindo a técnica ensinada pelo dentista.

Além disso, recomenda-se a consulta odontológica pelo menos duas vezes ao ano para prevenir cáries, placa bacteriana, tártaro, inflamações e mau hálito. Fio dental e limpador de língua são, certamente, indispensáveis à rotina de higiene bucal.

Conheça 7 hábitos de higiene bucal que você precisa ter:

1. Higiene bucal após as refeições

Logo após a refeição, escove os dentes. Se costuma fazer as refeições fora de casa, devido ao trabalho ou estudos, sempre leve a escova, creme e fio dental. Na primeira oportunidade, escove os dentes. Mantenha essa rotina diária para evitar problemas e, dessa forma, gastos futuros com tratamentos para recuperar os dentes.

2. Escovar do jeito certo 

Além da exigência de se escovar os dentes após as refeições, é necessário fazê-lo do jeito certo, conforme a orientação do dentista. Use escova de cerdas macias, pontas arredondadas e creme dental com flúor. Escovar os dentes muito rápido e com movimentos muito vigorosos danifica o esmalte e machuca a gengiva. De fato, a escovação é um ritual que deve ser cumprido com calma, com movimentos leves. Reserve pelo menos cinco minutos para cada escovação.

3. Usar o fio dental diariamente

O fio dental é indispensável à higiene bucal. Afinal, como fazer a limpeza entre os dentes sem passar o fio dental? Acima de tudo, este item deve ser usado antes e após a escovação para remover os detritos acumulados entre os dentes. Enxágue a boca e repita a operação até notar que não há mais sujeiras escondidas. Faça isso todos os dias para evitar cáries, tártaro e, do mesmo modo, o mau hálito.

4. Usar o limpador de língua

A princípio, esse hábito é essencial para uma higiene bucal perfeita. Você pode fazer isso com a própria escova de dentes ou usar um limpador de língua. O mais importante é raspar a saburra que se forma na língua em consequência do acúmulo de resíduos alimentares. O hábito de limpar a língua elimina bactérias que causam a halitose.

5. Enxaguante bucal sem álcool

 O enxaguante bucal sem álcool é o mais recomendável porque o produto completa a higiene bucal. Ajuda a eliminar bactérias que podem causar cáries, placa bacteriana, inflamações nas gengivas e halitose.

6. Reduzir o consumo de açúcar

Se você gosta de doces, limite o consumo aos momentos em que faz as principais refeições do dia. Logo em seguida, faça uma escovação adequada. Os açúcares impregnados aos dentes são um “prato cheio” para os micro-organismos que causam cáries e tártaro. Dentes saudáveis e bonitos sempre exigirão algum grau de esforço e dedicação.

7. Consultar o dentista regularmente

A visita ao dentista deve ocorrer, pelo menos, a cada seis meses. Aliás, por melhor que seja a higiene bucal, é importante a avaliação frequente de um profissional. O mesmo possui instrumentos que facilitam o diagnóstico de problemas imperceptíveis aos nossos olhos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, de tal forma que ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre o meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena.

 

 

 

 

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe