gengivite

Gengivite: Saiba Como Proteger a Sua Gengiva

Gengiva sangrando após escovar os dentes? Pode indicar um quadro de gengivite, doença que se caracteriza pela inflamação das gengivas, problema muito comum e que ocorre em decorrência, principalmente, da má higiene bucal.

Quer saber como evitar essa condição e proteger a sua gengiva? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito do assunto.

O que é a gengivite?

A gengiva é uma estrutura muito importante e também muito sensível. Quando está no seu melhor estado, apresenta uma aparência rosada e consistente, cobrindo a cobertura de todo o dente e sem sangramento.

Quando há uma gengivite, essas estruturas ficam inflamadas, sendo facilmente percebido ao analisar a aparência das gengivas e o seu inchaço. O principal fator responsável por essa condição é a formação e evolução da placa bacteriana.

Quando há acúmulo de placa na linha do dente, o tecido também é afetado. Com o contato com as bactérias, a gengiva toma uma aparência mais escura, macia e inflada, apresentando sangramentos recorrentes durante a escovação ou passagem do fio dental.

Quais são as causas?

A principal causa de gengivite é a formação de placa bacteriana, que é um biofilme composto por bactérias, sendo resultado da má higiene bucal. Esse problema pode ser facilmente evitado ou removido pela escovação, uso do fio dental e acompanhamento de um odontologista.

Outras causas relacionadas a essa condição são o tabagismo, as alterações hormonais comuns durante o ciclo menstrual ou a gravidez, uso de determinados medicamentos, deficiências nutricionais e histórico familiar de problemas na gengiva.

Como proteger a gengiva?

Para ter uma gengiva saudável e sem sangramentos, é preciso evitar os fatores relacionados às causas da gengivite. Neste sentido, conheça algumas medidas que você pode adotar para proteger a sua gengiva.

Faça a escovação correta

A gengivite é causada pela irritação provocada pelas toxinas liberadas por bactérias presentes na placa bacteriana. Por isso, uma atitude essencial para prevenir essa condição é escovar os dentes de forma adequada e com regularidade.

Uma boa higienização não se limita apenas à escovação, mas também ao uso do fio dental. Essa limpeza precisa ser feita por, no mínimo, 2 vezes ao dia, entre as refeições e com uma escova de cerdas macias, homogêneas e de cabeça pequena.

Além disso, a escovação deve ser feita com movimentos circulares, utilizando um creme dental com fluoreto de estanho. A mesma frequência deve ser mantida no uso do fio dental.

Controle os maus hábitos

O fumo e o consumo excessivo de álcool são fatores que contribuem para a ocorrência da gengivite. Isso porque são hábitos que fragilizam o sistema imunológico e contribuem para a proliferação de bactérias.

Hidrate-se

A ingestão adequada de água está diretamente relacionada a uma boa produção de saliva e, consequentemente, a prevenção de problemas oriundos da má higienização e da má alimentação. 

Faça visitas regulares ao dentista

Por último, para manter a sua gengiva saudável, faça visitas periódicas ao dentista para que haja uma ação preventiva contra os problemas bucais decorrentes da placa bacteriana. Uma vez feitas regularmente, essas consultas permitirão tratar esses problemas em estágio inicial, evitando complicações.

Então, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre a gengivite e também sobre as principais formas de proteger a sua gengiva. Portanto, siga nossas dicas, cuide da sua saúde bucal e evite essa inflamação.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe