cárie

Cárie: 4 cuidados básicos que devemos tomar

cárieMuito comum em crianças, a cárie dentária é uma das doenças com maior taxa de incidência em todo o mundo. Esta  enfermidade pode causar extremo desconforto e muita dor. Para que possamos entender como preveni-la, objetivo  principal deste artigo, é necessário primeiramente entender como ela funciona.

Nossos dentes são produzidos por meio do cálcio e de outros minerais. Assim como em todo corpo, a boca possui uma  grande quantidade de bactérias capazes de se transformar em grandes inimigas do nosso sorriso.

Sempre que comemos, essas bactérias produzem uma reação química com os alimentos que resulta na produção de ácidos. Uma vez  presentes, estes ácidos tornam-se capazes de retirar minerais dos dentes. A saliva, no entanto, até certo ponto, neutraliza essas substâncias,  repondo o que foi perdido pelos dentes.

Devido especialmente a uma dieta rica em açúcar que a maioria das pessoas apresenta,  atinge-se um momento em que a saliva não mais consegue combater toda a quantidade de ácidos. Assim, como resultado, a superfície do dente começa a se decompor, gerando o que  conhecemos como cárie dentária.

Para evitar esse problema e permitir que você tenha seus dentes sempre saudáveis, é possível adotar alguns cuidados simples. A motivação  deste artigo é justamente discorrer sobre quatro desses cuidados.

1- Evitar bebidas e comidas açucaradas 

Acima de tudo, hoje em dia, grande parte dos alimentos que consumimos possui consideráveis quantidades de açúcar, incluindo balas,  chicletes, bolachas, refrigerantes e mesmo os chamados sucos de caixinha.

Dificilmente todos esses alimentos serão completamente eliminados da dieta. Dessa forma, uma boa dica é evitar consumi-los de maneira  exagerada porque isso aumenta a quantidade de ácidos produzidos. A recomendação é que a ingestão destes produtos seja imediatamente  seguida de uma boa escovação. 

2- Utilizar pastas com flúor

Diversos estudos demonstram que a maneira mais eficaz de prevenir a deterioração precoce do esmalte dentário é utilizando pastas com flúor. Essa substância funciona como um verdadeiro escudo de proteção para os dentes.

Apenas uma pequena porção diária aplicada a escova, logo após as refeições, já é suficiente. Tal atitude auxilia no retardo do processo de desmineralização que inicia a cárie.

3- Uso de selantes para impedir a formação da cárie

Nossos dentes, em especial os molares, possuem diversos sulcos (desníveis de relevo) em sua superfície. Embora seja uma condição normal,  esses sulcos predispõem ao surgimento da cárie.

Uma ótima maneira de evitar isso é, certamente, por meio do uso de selantes. Este material, feito à base de resina, oblitera esses sulcos, dificultando o acúmulo da placa bacteriana nessas áreas. Então, impede-se a agressão dos ácidos sobre os dentes.

4- Ir regularmente ao dentista

Apesar da cárie ser bastante comum em crianças, o problema também aparece em adultos. Em pessoas mais velhas, aliás, isso se dá especialmente nas áreas restauradas e nas raízes dos dentes. Por isso, uma das maneiras mais eficazes de evitar dores de cabeça é ir regularmente ao dentista.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, de tal forma que ficarei muito feliz em responder  aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em  Barbacena!

 

 

 

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe