Doença periodontal

Doença Periodontal: 4 Tratamentos E Seus Benefícios

Você recebeu o diagnóstico de uma doença periodontal? Fique tranquilo. Existem inúmeras possibilidades de tratamentos para essa condição. Basta procurar um dentista para que ele determine a medida terapêutica mais adequada.

Quer saber mais sobre essas medidas? Então, não deixe de ler este post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito das opções de tratamentos para esse quadro.

1 – Tratamento não cirúrgico

O tratamento não cirúrgico é a primeira medida utilizada para tratar a doença periodontal. O procedimento utilizado é a raspagem e o alisamento radicular (RAR). O objetivo é eliminar a placa bacteriana e o tártaro dos dentes a partir do uso de instrumentos específicos para a raspagem.

Posteriormente, o especialista realiza o RAR para alisar as áreas irregulares nas raízes, o que ajuda a evitar que as bactérias voltem a se acumular na região. Geralmente, utiliza-se um anestésico local para evitar desconforto.

Além disso, o dentista também pode indicar o uso de antibióticos com a proposta de eliminar e controlar o crescimento de bactérias na boca. Normalmente, esses medicamentos são administrados após a raspagem.

Ainda, o principal benefício do tratamento não cirúrgico é a possibilidade de eliminar o problema sem a necessidade de uma cirurgia. Além disso, devolve a sua saúde bucal, deixando a região higienizada.

2 – Cirurgia de retalho

Quando a doença periodontal torna-se mais grave e o tratamento conservador não é suficiente para restaurar a limpeza dos dentes, pode ser necessário realizar a redução da bolsa periodontal ou cirurgia de retalho.

Essa bolsa periodontal é resultado da evolução de uma inflamação, que ocasiona a abertura de espaços entre os dentes que passam a acumular bactérias. O procedimento consiste em dobrar o tecido gengival para trás para conseguir remover bactérias infecciosas. Em seguida, o tecido gengival é reinserido no osso.

3 – Terapia a laser

Apesar de ainda ser uma técnica recente e não tão difundida, a terapia a laser oferece resultados excelentes para os pacientes elegíveis a esse tratamento. Contudo, ainda não existem estudos que demonstram que essa terapia é melhor que outras medidas.

Por outro lado, esse procedimento oferece muitos benefícios para os pacientes, entre eles, a maior precisão do laser no tratamento da doença, é menos invasivo e, consequentemente, o tempo de recuperação é mais curto.

4 – Cirurgia periodontal

Quando a doença periodontal está em fase avançada e já ocasionou lesões nos dentes, gengivas e/ou ossos, a cirurgia periodontal é uma das alternativas mais utilizadas. Entre as principais técnicas, estão:

  • enxerto de gengiva: quando a gengiva é destruída pela infecção, expondo as raízes dos dentes. O cirurgião utiliza tecido do céu da boca para ser usado como enxerto na gengiva;
  • enxerto de osso: quando o mesmo ocorre com o osso, afetando a sustentação dos dentes. Nesse caso, o enxerto é feito com material sintético ou com outro osso retirado do próprio paciente ou de um doador.

Então, como você pode perceber, a doença periodontal é uma condição grave, mas que pode ser tratada de diferentes maneiras. Portanto, se você tem o diagnóstico dessa doença, converse com seu dentista para avaliar qual a medida mais efetiva.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe