Dente Siso

O Que Esperar Da Remoção De Um Dente Siso

Conhecidos como “os dentes do juízo”, os dentes siso surgem no início da vida adulta, mas, na maioria dos casos, precisam ser removidos. Porém, muitas pessoas têm medo e não sabem o que esperar do procedimento.

Neste sentido, preparamos este texto para explicar tudo o que você precisa saber sobre a cirurgia de remoção destes dentes. Então, se tem interesse no assunto, recomendamos a leitura.

O que é o dente siso?

Os dentes do siso são os últimos molares que nascem na arcada dentária e ocupam os lados de cada maxilar. O termo “siso” tem origem no latim e significa “juízo”. O dente recebeu este nome porque costumam nascer entre os 16 e os 21 anos.

Em função deste nascimento tardio, é comum que não haja muito espaço disponível para que os sisos fiquem acomodados na boca. Com isso, não é raro que fiquem presos embaixo da gengiva, causando dor, inchaço ou desconforto.

Outra situação possível é que, mesmo quando conseguem nascer, esses dentes fiquem mal posicionados, desalinhados, machucam a boca ou são de difícil higienização, levando a infecções e outros problemas odontológicos.

Como saber que é preciso extrair o siso?

Essa pergunta deve ser respondida pelo seu dentista. Em uma consulta, ele irá avaliar sua arcada dentária e sua saúde bucal e solicitar exames radiográficos que permitem enxergar a situação do siso, o seu tamanho, o processo de nascimento e outros eventuais riscos.

Assim, sem a avaliação de um dentista e a realização de exames não é possível responder a real necessidade de extração do dente do siso. Por isso, se você suspeita de alguma anormalidade, converse com seu dentista.

Como é a remoção?

O procedimento para a remoção dos sisos funciona como qualquer outra extração dental de rotina. Ou seja, o paciente recebe anestesia local e o dentista faz a retirada. Geralmente, leva cerca de 30 minutos, a depender da complexidade e da posição do dente.

Após a remoção, realiza-se uma sutura na região e o profissional pode solicitar que o paciente morda um pedaço de gaze por alguns minutos a fim de conter possíveis sangramentos. Em resumo, o procedimento é simples, rápido e com baixo risco de complicações.

Como é o pós-operatório?

O pós-operatório pode ser incômodo para algumas pessoas, mas todo o desconforto tende a acabar em até 4 dias. Após o procedimento, o paciente precisa tomar analgésicos para controlar a dor após o efeito da anestesia passar.

Além disso, será indicado o uso de uma gaze no local, pressionando suavemente com a mordida para evitar sangramentos. No que se refere à alimentação, ela deve limitar-se aos alimentos frios ou gelados e, preferencialmente, de consistência pastosa.

Outra recomendação do pós-operatório é o repouso. Por isso, a prática de exercícios físicos é contraindicada. Também é indispensável que você faça a higienização adequada dos dentes, com escovas de cerdas macias e uso de antisséptico bucal.

Enfim, se você está com data marcada para realizar a remoção do dente siso, fique tranquilo. O procedimento é simples e indolor. Embora no pós-operatório ela possa existir, a dor é facilmente controlada com analgésicos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe