Dente siso

Dente siso: 7 Mitos e Verdades

O dente siso, conhecido popularmente como “dente do juízo”, ainda é alvo de muitas dúvidas, principalmente sobre sua real importância. Esse é um dente normal, mas poucas pessoas conseguem tê-lo em condições de mastigação.

Neste artigo, falaremos um pouco sobre os mitos e verdades que envolvem esse assunto. Então, para tirar todas as suas dúvidas, recomendamos a leitura deste texto.

1 – É preciso esperar os dentes sisos nascerem para serem retirados.

Mito. Os dentes sisos podem ser identificados em exames de radiografia. Assim, o dentista conseguirá avaliar se há a necessidade de removê-los ou não. Outro ponto é que a membrana que envolve o dente pode sofrer uma degeneração, caso o dente ainda não tenha nascido.

Além disso, o melhor momento para remover um dente siso é quando as raízes não estão totalmente formadas, o que facilita o processo e reduz o risco de complicações. Após os 30 anos, o osso torna-se mais rígido, dificultando a retirada.

2 – O dente siso pode ser acometido por cáries, mesmo antes de nascer.

Mito. Um dente só está exposto às cáries quando inicia o seu processo de erupção, por menor que seja. Nesses casos, a gengiva ao redor do dente funciona como um capuz e pode reter alimentos e gerar inflamação, causando dor e desconforto.

Por isso, é necessário um recorte gengival para eliminar o tecido e possibilitar o seu nascimento. Quando não há espaço suficiente, a extração torna-se necessária.

3 – O siso pode interferir no alinhamento da arcada dentária.

Verdade. Quando nasce tardiamente, o dente siso pode não ter espaço suficiente para nascer. Assim, ao apontar, tende a prejudicar o alinhamento da arcada dentária. Porém, cada caso deve ser analisado individualmente pelo dentista.

4 – Os dentes sisos podem ser retirados todos de uma vez.

Verdade. Embora o mais comum seja a retirada de dois sisos por vez, não há nenhum impedimento em extrair os 4 em um único procedimento. O cirurgião-dentista irá orientá-lo sobre o que é mais recomendado em cada caso.

Geralmente, a opção pela extração dos 4 dentes sisos é mais interessante, pois o paciente passa por todo o pós-operatório uma única vez. Nesse período, ele precisa repousar, usar medicamentos prescritos e seguir uma alimentação específica.

5 – Posso escovar o dente logo após a cirurgia.

Mito. Estamos falando de um procedimento cirúrgico que envolve tempo de recuperação, sutura e riscos de complicações. Por isso, a escovação na região só pode ser iniciada quando o dentista determinar e de forma cautelosa.

6 – O repouso é necessário após a retirada do dente.

Verdade. A extração do siso é uma cirurgia que envolve, no seu pós-operatório, um período de repouso. O tempo dependerá do nível de complexidade da cirurgia. Enquanto alguns são facilmente removidos, outros podem gerar mais dificuldade.

7 – O siso pode entortar outros dentes

Mito. Um dente, por qualquer que seja, não tem o potencial de empurrar os outros. O que pode levar ao desalinhamento da arcada dentária é a forma como se usa a boca e o pouco espaço entre os dentes para acomodá-los.

Enfim, esses são os principais mitos e verdades que circulam pela internet e, com a leitura deste post, você saberá exatamente do que se tratam. O melhor a se fazer é manter uma rotina de visitas regulares ao dentista para que ele identifique e avalie a necessidade de remover ou não o dente siso.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe