saúde bucal

Como o cigarro prejudica a sua saúde bucal?

Já é de conhecimento da população que o cigarro é maléfico para a saúde e contribui para o desenvolvimento de diferentes tipos de doenças. Porém, os prejuízos que ele traz para a saúde bucal não são tão conhecidos.

Por isso, preparamos este post com o objetivo de esclarecer todos os males que o ato de fumar pode trazer para a cavidade oral. Então, se quer saber mais sobre o tema, continue a leitura.

Boca seca

Entre os principais papéis desempenhados pela saliva está o de limpar a parte interna da boca. A toxicidade da fumaça do cigarro reduz a produção desta substância, aumentando os risco de desenvolvimento das cáries, afetando a mastigação e deixando a mucosa bucal mais sensível.

Mau hálito

Outro prejuízo provocado pela fumaça dos produtos derivados do tabaco é o mau hálito. Isso porque com a diminuição da produção de saliva e o ressecamento da boca, parte dos alimentos que ingerimos permanecem no seu interior, exalando odores ruins.

Ademais, as substâncias presentes nesta fumaça também se alojam nos pulmões, garganta e nariz. Em consequência disso, há um aumento na presença de odores desagradáveis, gerando o mau hálito.

Câncer oral

O fumo pode contribuir para o surgimento do câncer de boca, língua, lábios, gengivas e gargantas. Por ser uma doença silenciosa, dificilmente é diagnosticada precocemente. Assim, há uma grande taxa de mortalidade em decorrência destes tipos de câncer.

Alterações na voz

Outro prejuízo decorrente do ressecamento oral causado pelo cigarro é a irritação na mucosa do nariz, laringe e boca. Para combater esse desconforto, as células de defesa formam um depósito de secreção ao longo das pregas vocais, provocando o pigarro.

Assim, em função da tosse causada por essa irritação, podem surgir diversas alterações na voz, como a rouquidão ou deixando-a mais grave. Além disso, provoca um intenso atrito na área, lesionado os tecidos.

Perda de dentes

A perda de dentes também é uma das consequências negativas do uso do cigarro para a saúde bucal. Isso porque as substâncias tóxicas que o compõem elevam a temperatura média da boca, facilitando a propagação de bactérias, acúmulo de placa bacteriana e de tártaro.

Ademais, a ausência de tratamento dessas condições contribui para o desenvolvimento das doenças periodontais, como a periodontite e a gengivite. Com a evolução desses quadros, ocorre a perda óssea e, consequentemente, a queda dos dentes.

Escurecimento dos dentes

Além de ser uma substância viciante, a nicotina é capaz de prejudicar consideravelmente a saúde bucal. Isso porque ela se acumula nas superfícies dos dentes, aderindo ao esmalte e deixando uma pigmentação escura que dificilmente é retirada na escovação comum.

Outrossim, a nicotina pode estimular o aumento na produção de melanina. Desse modo, podem surgir manchas acastanhadas na gengiva e nas bochechas dos fumantes. Porém, todas essas condições são revertidas quando o paciente deixa de fumar.

Então, como você pode perceber, o cigarro e a sua fumaça tem um grande potencial para prejudicar a nossa saúde bucal. Assim, essa se torna mais uma das muitas razões que justificam a necessidade de parar de fumar.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe