Como é feita a higiene bucal do bebê

Não é novidade para ninguém que fazer higiene bucal de forma adequada e cuidadosa é de extrema importância. Esse fato não muda quando se trata da higiene bucal do bebê. 

Deseja saber mais sobre este assunto? No post a seguir, apresentaremos os principais pontos sobre como é feita a higiene bucal do bebê. Portanto, caso tenha interesse, não deixe de continuar a leitura!

Quando iniciar a higienização bucal do bebe?

Existem diversas discussões sobre a necessidade da realização da higiene bucal em bebês. Grande parte afirma que esta deve ser iniciada somente após a erupção do primeiro dente. 

Outros afirmam que a limpeza da gengiva antes da erupção do primeiro dente, favorece o estabelecimento de uma microbiota saudável e ajuda no processo de nascimento dos dentes em um meio ambiente limpo, sem resíduos alimentares e placa bacteriana.

Uma boa higiene bucal do bebê começa com a saúde dentária da própria mãe. Bactérias que provocam doenças, podem ser facilmente transferidas pelas mães e podem causar diversas complicações, como nas cáries. 

Por volta de 6 a 10 meses de vida, surgem os primeiros dentes centrais, que despontam na parte inferior ou superior da boca como um pontinho branco na gengiva. Geralmente é a partir deste momento que os pais se tornam responsáveis por cuidar da dentição do bebê.

Afinal, como realizar a higiene bucal do bebê?

Para higienizar a região oral do bebe, você deve massagear e limpar a gengiva com uma gaze molhada. O ideal é tornar a limpeza um hábito, diminuindo assim as chances de rejeição do bebê no período de adaptação inicial. 

Além disso, massagear a gengiva também é uma ótima alternativa para aliviar as dores causadas pela erupção dos primeiros dentes, uma vez que proporciona o aumento da circulação sanguínea no tecido gengival.

A limpeza favorece o estabelecimento de uma microbiota saudável e faz com que o processo de nascimento dos dentes decíduos se dê em um meio limpo, sem resíduos alimentares e placas bacteriana;

A partir do nascimento dos primeiros dentes, é recomendado trocar a gaze molhada por uma dedeira de silicone, vendida em farmácias. Por volta dos 14 meses, com os dentes de leite já nascidos, os pais já devem introduzir o uso de escova dental, com cerdas macias e tamanho adequado à boca do bebê;

Embora os dentes de leite dos bebês sejam temporários, eles ainda estão suscetíveis a apresentarem cáries, infecções e traumas. Hábitos alimentares ruins podem aumentar a produção de bactérias, favorecendo o desenvolvimento de doenças. Se não tratados, traumatismos dentários na infância podem provocar sequelas permanentes. 

No ato da escovação, introduza a escova na boca e faça movimentos circulares paralelos à gengiva, pelo lado interno e externo do dente, sem aplicar força e lentamente. Vale ressaltar a importância do cuidado na escolha da escova apropriada para a idade da criança.

Neste momento, pode ser introduzido o uso do creme dental com flúor, respeitando-se as quantidades recomendadas, já que podem causar manchas nos dentes, ou até mesmo afetar os dentes permanentes que ainda nascerão.

Com relação ao creme dental, os dentes de leite podem receber os benefícios do contato com o flúor a partir da sua irrupção, mas cabe ao odontopediatra recomendar e definir a melhor maneira de utilizá-lo. 

Por fim, com a leitura deste texto, você se informou sobre os principais pontos a respeito da higiene bucal do bebe. Portanto, fique atento às recomendações e em caso de emergência, procure auxílio odontológico especializado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe