clareamento dental

Quais os cuidados na hora de fazer clareamento dental com moldeiras

O clareamento dental tem sido um dos procedimentos estéticos mais pedidos nos consultórios. Não por acaso, centenas de celebridades, como os influenciadores do Instagram, modelos e cantores, têm ostentado dentes significativamente brancos já há bastante tempo. Não há nada de errado nisso. A busca por dentes atraentes, no entanto, tem gerado alguns modismos perigosos. Em alguns sites, por exemplo, são recomendadas receitas para clareamento caseiro, as quais normalmente envolvem produtos abrasivos e não apresentam nenhum respaldo científico. Qualquer procedimento que promova alterações na estética ou na estrutura dos dentes deve ser feito com o aval e sob a supervisão de um especialista. Este artigo tratará um pouco mais sobre os métodos de clareamento dental existentes, dando destaque a um deles: aquele que é feito com moldeiras. Para saber mais sobre o assunto, confira em seguida.

Tipos de clareamento dental

Existem dois tipos principais.

Clareamento em consultório

É um dos procedimentos mais famosos, é verdade, mas deve ser feito com cautela. Os géis utilizados para clarear os dentes, nessa situação, devem ser manipulados apenas por profissionais e em quantidade suficiente, mas não excessiva. O número de sessões varia de acordo com a necessidade e preferência do indivíduo. O tempo entre uma sessão e outra, em geral, é de quatro ou cinco dias.

Clareamento com moldeira

A moldeira, que deve ser feita sob medida, é preenchida com gel e adapta-se aos dentes. O tempo de utilização pode variar. Alguns dentistas sugerem que a prótese seja usada por determinado número de horas, enquanto outros sugerem que o uso ocorra na madrugada, durante o sono. O gel utilizado para o clareamento dental caseiro é mais leve; por isso, tem menos tendência a causar sensibilidade ou manchas nos dentes. É difícil prever um tempo máximo para que os resultados desejados sejam percebidos. Os hábitos individuais, assim como o metabolismo, têm influência direta no processo de clareamento.

Cuidados a serem tomados

Primeiramente, nem todas as pessoas podem ser submetidas ao procedimento. Menores de idade, gestantes, lactantes, bem como pessoas que estão em tratamento oncológico ou que o fizeram recentemente não devem fazer clareamento de tipo algum. Além disso, existem algumas medidas a serem adotadas durante e depois do tratamento. Veja quais são, em seguida.
  • Evitar o cigarro: além de provocar perda dentária, gengivite e mau hálito, o tabagismo causa manchas no esmalte dentário.
  • Evitar bebidas com cafeína ou vinho tinto: o café escurece os dentes, enquanto o vinho tinto propicia o desenvolvimento de manchas.
  • Adotar a dieta branca por, pelo menos, três horas após retirar a moldeira: durante esse tempo, o indivíduo deve ingerir alimentos leves, com pouca ou nenhuma pigmentação, uma vez que os dentes estão mais suscetíveis a problemas.
  • Escovar os dentes, pelo menos, três vezes por dia, com produtos indicados e nunca abrir mão do fio dental.
  • Visitar o dentista, ao menos, duas vezes por ano, para uma limpeza profissional, também faz parte do comportamento esperado de quem deseja dentes brancos e saudáveis.
Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!
Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe