cirurgião dentista

Cirurgia oral menor: extração de dentes do siso, frenectomia, apicectomia

A cirurgia oral menor abrange uma variedade de procedimentos realizados pelo dentista especializado em extração oral menor. Esses procedimentos incluem situações comuns na população geral como a extração de dentes do siso, frenectomia e apicectomia. 

Pensando nisso, preparamos o artigo a seguir. Nele apresentaremos detalhes sobre cada uma dessas cirurgias, seus procedimentos e benefícios para os pacientes. Continue a leitura!

A extração de Dentes do Siso

A extração de dentes do siso, ou terceiros molares, é um procedimento cirúrgico comum realizado para remover esses dentes localizados no fundo da boca. Muitas vezes, os dentes do siso não têm espaço suficiente para erupcionar corretamente, o que pode levar a problemas como dor, inflamação, infecções e danos aos dentes adjacentes.

Como é realizado o procedimento?

O procedimento de extração de dentes do siso envolve uma avaliação prévia dos dentes e da estrutura óssea circundante por meio de radiografias. Em seguida, o dentista administra anestesia local para garantir o conforto do paciente durante o procedimento. 

O dente do siso é então removido cuidadosamente, seja por extração simples ou cirurgia mais complexa, caso esteja impactado ou parcialmente erupcionado.

O que é a Frenectomia?

A frenectomia é um procedimento realizado para corrigir problemas relacionados aos freios labiais ou linguais. O freio é uma membrana que conecta a língua à base da boca ou o lábio à gengiva. Em certos casos, o freio pode ser curto ou espesso demais, causando dificuldades na fala, na deglutição ou até mesmo interferindo no alinhamento dos dentes.

Como é realizada a frenectomia?

Durante a frenectomia, o dentista realiza uma incisão na área do freio e remove o excesso de tecido. Em seguida, pontos podem ser aplicados para auxiliar na cicatrização. O procedimento é relativamente rápido e a anestesia local é geralmente utilizada para garantir o conforto do paciente. 

O que é a Apicectomia?

A apicectomia é um procedimento cirúrgico realizado quando uma infecção persistente ou uma lesão no ápice da raiz do dente não pode ser tratada com um tratamento de canal convencional. É uma alternativa à extração do dente e é realizada para preservar o dente natural sempre que possível.

Como é realizada a Apicectomia?

Durante uma apicectomia, o dentista faz uma incisão na gengiva para expor a área afetada e remover o tecido infectado ou inflamado. Em seguida, o ápice da raiz do dente é cuidadosamente removido. 

O local é limpo e selado com um material de preenchimento para evitar futuras infecções. Aferida é então suturada e instruções pós-operatórias são fornecidas ao paciente para promover a cicatrização adequada.

A apicectomia é geralmente realizada sob anestesia local, garantindo que o paciente esteja confortável durante o procedimento. É importante ressaltar que, embora a apicectomia seja uma opção para preservar o dente natural, nem todos os casos são adequados para esse procedimento. 

Em certas situações, a extração do dente pode ser a melhor opção, e seu dentista especializado em cirurgia oral menor será capaz de avaliar e determinar qual procedimento é mais apropriado.

Por fim, é fundamental seguir as instruções do dentista antes e após esses procedimentos cirúrgicos, a fim de garantir uma recuperação adequada e evitar complicações. Além disso, agendar consultas regulares de acompanhamento com seu dentista permitirá uma avaliação contínua da saúde bucal.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe