bactéria bucal

Bactéria bucal pode se alojar no cérebro

Quando você fez uma visita ao seu dentista pela última vez? Se já faz um tempo, marcar uma consulta agora pode ser uma decisão saudável. Sabia que sua saúde e higiene dental estão relacionadas ao cérebro? E mais, que há uma bactéria bucal que pode afetar o nosso cérebro?

Uma infecção na boca pode ser silenciosa e ocorre, principalmente, quando fazemos algum tratamento que acaba com a dor, mas não elimina o foco infeccioso, ou seja, as bactérias podem se espalhar pela corrente sanguínea, causando uma septicemia, que é uma infecção generalizada que pode até levar à morte.

Neste post, você entenderá mais sobre o assunto. Acompanhe!

Como a bactéria vai para o cérebro?

O dente é uma estrutura porosa, por isso, a bactéria tem condições de ficar alojada por bastante tempo e se deslocar para outras partes do corpo.

Os ossos da cabeça, por sua vez, são bem leves, logo, a bactéria consegue chegar até eles e contribuir com o desenvolvimento de uma sinusite, por exemplo.

Algumas condições de saúde mental e seus efeitos

Pesquisas mostram que pacientes com esquizofrenia e problemas de saúde mental relacionados tendem a ter má higiene bucal e são mais propensos a bactérias. Doenças, como a Bulimia podem levar à erosão do esmalte, enquanto outras, como a anorexia, estão associadas a uma redução nos níveis de cálcio.

Pessoas que sofrem de distúrbios bipolares e relacionados tendem a escovar com muita força e podem danificar o esmalte dentário. Já os pacientes com depressão ou distúrbios associados são mais propensos a ter bactéria bucal, devido à negligência.

Quem sofre de ansiedade dental tende a adiar a visita ao dentista. Obviamente, isso significa que os dentes não são verificados regularmente e qualquer problema pode não ser detectado previamente.

Como prevenir para que não aconteça?

Para prevenir que as bactérias da boca circulem pelo corpo, é muito importante escolher um bom cirurgião-dentista, que realize qualquer intervenção cirúrgica. Ele deve estar devidamente treinado para orientar sobre higiene bucal e avaliar os fatores de risco.

A infecção causada por uma bactéria bucal que chega ao cérebro é um diagnóstico que assusta. No entanto, já existem procedimentos para tratar o problema. Saúdes bucal e mental estão intimamente relacionadas e, caso haja negligência, uma coisa pode afetar a outra e causar danos. 

Visite seu dentista periodicamente e eduque-se!

A visita periódica ao dentista é muito importante. Somente ele poderá avaliar o seu quadro e ajudar a prevenir doenças, como bactéria bucal. Além disso, e não menos importante, escove os dentes diariamente e utilize sempre o fio dental.

É necessário fazer pequenas mudanças no estilo de vida para ter uma boa saúde bucal e não causar danos em seu cérebro. Com pouco esforço, é possível cuidar da boca e, por sua vez, prevenir a saúde mental.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe