aumento da coroa clínica

aumento da coroa clínica: Tudo O Que Você Precisa Saber

A coroa é uma espécie de capa no formato do dente que se encaixa sobre um dente natural para fins estéticos ou clínicos. Em alguns casos, o aumento da coroa clínica é um procedimento necessário para aumentar a exposição da coroa do dente.

Você já ouviu falar nessa técnica? Sabe quando ela deve ser realizada? Quer saber mais sobre o assunto? Então, recomendamos a leitura deste artigo. Nele, responderemos todas as suas dúvidas a respeito do tema.

O que é o aumento da coroa clínica?

De forma simplificada, o aumento da coroa clínica tem por objetivo melhorar a saúde bucal, a estética do sorriso e evitar alguns problemas bucais. Trata-se de um procedimento simples que consiste em regularizar a relação entre a gengiva, o osso e o dente.

Contudo, antes de falar sobre a cirurgia, precisamos explicar a estrutura do dente. Ele é formado por duas partes: raiz e coroa. A raiz é responsável por fixar o dente no osso mandibular. A coroa é a parte branca visível na boca.

Entre a base da gengiva e o topo da crista óssea está o espaço biológico periodontal, que é a parte da coroa que não fica visível e está localizada debaixo da gengiva. Assim, o aumento da coroa clínica é um procedimento realizado para expor essa área que está “escondida”.

Como é feito o procedimento?

Antes de passar pela cirurgia, o paciente será avaliado e precisará fazer um exame clínico e um raio-X para confirmar a necessidade cirúrgica. Com a confirmação, receberá todas as instruções sobre o procedimento e os cuidados pré e pós-operatórios.

Ainda, a técnica consiste em realizar uma pequena abertura na gengiva com um bisturi para que seja possível remover e remodelar o osso na região. Em seguida, o tecido gengival é suturado. O paciente recebe anestesia e não sente nenhum desconforto durante o procedimento.

Quando é indicada?

O aumento da coroa clínica é indicado por diferentes razões estéticas ou não. Entre as principais razões que levam a realização do procedimento, estão:

  • dentes fraturados: quando há uma fratura em dentes próximos ou dentro da gengiva, a cirurgia é necessária para que seja possível o acesso e o tratamento;
  • cáries profundas: situação em que a cárie não foi tratada a tempo e alcançou a parte interna do dente, sendo considerada uma cárie profunda. O procedimento tem o mesmo fim de permitir o acesso ao dente e o tratamento;
  • colocação de próteses dentárias: o aumento da coroa clínica permite a ampliação do espaço da coroa para a colocação de próteses, que precisam ser colocadas a uma distância de, pelo menos, 3 milímetros;
  • fins estéticos: quando o paciente apresenta alguma queixa estética, como o sorriso gengiva.

Como é a recuperação?

Após a cirurgia, o paciente pode levar até 2 meses para se recuperar. Porém, ele poderá voltar às suas atividades antes desse período, evitando apenas atividades intensas nos primeiros dias.

Além disso, ele será recomendado a usar analgésicos ou anti-inflamatórios em intervalos regulares, aplicar bolsas de gelo para reduzir o inchaço e evitar o consumo de alimentos e líquidos quentes nas primeiras 24 horas.

Enfim, com a leitura deste texto, você conheceu tudo sobre o procedimento de aumento da coroa clínica. Portanto, caso tenha interesse no procedimento ou já esteja para fazê-lo, lembre-se de seguir todas as orientações do seu dentista.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe