4 sinais de doenças periodontais

Todos os tecidos da cavidade oral podem ser acometidos por doenças. Uma das que mais gera preocupação entre os profissionais são as doenças periodontais. Isso se dá pelo fato de que ela afeta os tecidos que dão suporte e proteção para os dentes, podendo levar à perda do elemento dentário.

Deseja saber mais sobre esse assunto? Pensando nisso, preparamos o post a seguir apresentando os principais sinais de doenças periodontais. Não deixe de continuar a leitura!

Mas antes, o que é a doença periodontal?

As doenças periodontais são um conjunto de condições inflamatórias, de caráter crônico, e de origem bacteriana, que começa afetando o tecido gengival e pode levar, com o tempo, à perda dos tecidos de suporte dos dentes.

Geralmente são causadas por substâncias presentes na placa bacteriana. A doença periodontal pode comprometer tanto os tecidos de suporte como os de sustentação, no caso, cemento, ligamento periodontal e osso, causando perda de inserção do ligamento periodontal e com a consequente destruição dos tecidos ósseos adjacentes. 

As bactérias que se proliferam em função dessa doença podem desencadear quadros sistêmicos no paciente, nos quais pode haver ainda o comprometimento de possíveis implantes e próteses presentes no indivíduo.

A doença periodontal pode atingir pessoas de qualquer idade. É uma das principais causas de perda dos dentes nos adultos e a principal nos idosos. Vale ressaltar que a doença periodontal tem o seu desenvolvimento mais acelerado em pacientes diabéticos, imunossuprimidos e em fumantes.

Como é feito o diagnóstico da doença periodontal?

O diagnóstico das doenças periodontais é feito por meio da análise clínica, através de um dentista. É feita sondagem através da análise dos sintomas a fim de identificar alterações e sangramentos que indicam a presença do problema.

Ademais, podem ser solicitados exames radiológicos, permitindo averiguar a extensão do problema, bem como o comprometimento que ele já causou ao periodonto.

4 sinais de doenças periodontais

A dor normalmente não é um sintoma da periodontite, o que a torna praticamente silenciosa e seus sintomas possivelmente camuflados até um estágio mais avançado com danos até irreversíveis. Veja a seguir alguns sinais de alerta desta condição:

  1. Dentes com mobilidade excessiva:

Essa avaliação se faz necessária, porque entre as principais causas do aumento da mobilidade dentária estão doenças como a periodontite. Se não tratada, pode levar inclusive à perda dos dentes. 

  1. Gengiva inchada, sensível ou sangrando:

Uma gengiva saudável possui aspecto firme. Quando a gengiva está inchada ou mole é importante buscar atendimento odontológico. A presença de sangue, principalmente ao realizar a higiene bucal.

  1. Abscesso entre os dentes:

O abscesso dentário é uma espécie de bolsa cheia de pus causada por infecção bacteriana, que pode ocorrer em diferentes regiões do dente ou mesmo na gengiva, perto da raiz do dente.

  1. Retração gengival:

Com o tempo, a gengiva começa a retrair, dando aparência de dentes mais compridos e raiz exposta. Esse é um grande sinal de infecção e pode, posteriormente, levar à perda do dente e/ou causar sensibilidade.

Então, com a leitura deste texto, você se informou sobre os principais sinais relacionados à doença periodontal. Portanto, fique atento e caso perceba qualquer anormalidade, procure imediatamente auxílio médico especializado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena! 

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe