3 cirurgias dentárias mais comuns

A procura por cirurgias dentárias dos mais diversificados modos e objetivos tem sofrido aumento significativo, no Brasil, pela população geral. Por isso, é fundamental estar bem informado sobre os principais procedimentos e suas indicações.

Quer saber mais sobre o assunto? Neste post, abordaremos as cirurgias dentárias mais comuns, seus objetivos, técnicas utilizadas e cuidados pós-operatórios. Portanto, não deixe de continuar a leitura!

Quais são as cirurgias dentárias mais comuns?

As cirurgias dentárias são procedimentos que visam tratar problemas relacionados à saúde bucal, como cáries profundas, extração de dentes, doenças periodontais e correção de anomalias dentofaciais. Apesar de serem consideradas intervenções invasivas, muitas delas são bastante comuns e seguras, apresentando excelentes resultados a longo prazo. 

  1. Extração de dentes

A extração de dentes é uma das cirurgias mais comuns na odontologia, sendo indicada quando o dente está muito danificado, não é possível recuperá-lo com tratamentos convencionais ou ainda quando há problemas de espaço na arcada dentária. 

A extração pode ser feita de forma simples ou cirúrgica, dependendo do grau de dificuldade e do posicionamento do dente na boca. O procedimento pode ser realizado com anestesia local ou geral, a depender do caso.

Após a extração do dente, é necessário cuidar da região afetada, evitando alimentos duros e quentes, e fazendo repouso durante o período de recuperação. A higiene bucal deve ser mantida com escovação suave e uso de antissépticos recomendados pelo dentista.

Cirurgias para correção da posição dos dentes

Os problemas de posicionamento dos dentes podem ser corrigidos com cirurgias ortognáticas, que visam reposicionar a mandíbula e os dentes, melhorando a aparência e a função mastigatória. Essas cirurgias são indicadas para casos mais complexos de desalinhamento dentário, como mordida aberta, mordida cruzada ou desvio da mandíbula.

As cirurgias ortognáticas são realizadas com anestesia geral, e a recuperação costuma levar algumas semanas. É necessário seguir um rigoroso protocolo de cuidados pós-operatórios, incluindo uma dieta líquida ou pastosa, repouso e higiene bucal adequada.

  1. Cirurgias de implante dentário

Os implantes dentários são uma opção para substituição de dentes perdidos ou danificados. Esses procedimentos consistem na colocação de um pino de titânio na mandíbula ou maxila, que servirá de suporte para a prótese dentária. 

As cirurgias de implante são realizadas com anestesia local, e a recuperação costuma ser rápida, permitindo ao paciente retomar suas atividades normais em poucos dias.

Cuidados como higiene bucal adequada e evitar alimentos duros devem ser seguidos nos primeiros dias após a cirurgia. O paciente também deve ter um acompanhamento com o dentista, que avaliará o processo de osseointegração, ou seja, a fixação do implante ao osso da mandíbula ou maxila.

  1. Cirurgias de enxerto ósseo

As cirurgias de enxerto ósseo são realizadas para aumentar o volume de osso disponível para a realização de procedimentos como o implante dentário. Esses procedimentos são indicados quando o paciente apresenta reabsorção óssea ou perda óssea decorrente de infecções.

Por fim, com a leitura deste post, você ficou por dentro das principais cirurgias dentárias mais comuns. Portanto, caso deseje realizar alguma delas, procure auxílio odontológico especializado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como periodontista e implantodontista em Barbacena!

Dr. Sérgio Caetano

Dr. Sérgio Caetano

O que deseja encontrar?

Compartilhe